terça-feira, 4 de maio de 2010

Pai de Michael Jackson nega que filho fosse gay




Joe Jackson saiu em defesa do filho, Michael Jackson, e desmentiu os rumores de que o cantor mantinha um relacionamento homossexual com Jason Pfeiffer, executivo da empresa de seu melhor amigo e antigo médico Arnold Klein.
De acordo com informações do site TMZ, Joe negou que o popstar fosse gay e afirmou que Klein traiu seu filho ao divulgar coisas sem fundamento quando ele já partiu, considerando o ato como vergonhoso.
Durante uma aparição na TV na última semana, Jason Pfeiffer contou que mantinha um relacionamento sexual com Michael Jackson.
Além de confirmar as declarações de Pfeiffer e falar que já havia flagrado os dois sem camiseta no escritório, Dr. Klein disse ao site TMZ que Jackson era gay e não havia nenhum problema as pessoas saberem sobre sua opção sexual.

Fonte: Terra

Minha consideração:
Era o minimo que ele podia fazer... o maximo seria mandar um surra com galhos do pé de goiaba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Michael Jackson está vivo?